Medalha de prata no Aberto da Áustria.

Hugo Calderano lutou muito, mas não conseguiu levar o título do Aberto da Áustria. Apesar de ter feito um bom jogo, acabou derrotado pelo japonês Kenta Matsudaira (41º no ranking mundial) por 4 sets a 2 (6/11; 11/5; 5/11; 11/7; 11/9 e 12/10) e ficou com a medalha de prata na competição. De qualquer forma, a campanha é para ser celebrada. Esta foi a primeira vez que um brasileiro chegou à final de uma etapa major do Circuito Mundial.

Na caminhada no Aberto da Áustria, Calderano deixou para trás os chineses Wang Chuqin e Fang Yinchi, o dinamarquês Jonathan Groth (33º), o alemão Ruwen Filus (64º) e o japonês Yoto Muramatsu (37º).

Nesta semana, Calderano volta a disputar uma etapa major do Circuito Mundial. Ele estará no Aberto da Suécia, que acontecerá entre os dias 15 e 20 deste mês.

Na Rio 2016, Calderano fez história ao chegar às oitavas de final e igualar a campanha de Hugo Hoyama em Atlanta/1996, até então, a melhor campanha de um brasileiro nos Jogos Olímpicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas