Serão dois jogos fora de casa

A Raposa sai de Belo Horizonte nesta quarta-feira com uma difícil missão pelo Campeonato Brasileiro. Serão dois jogos fora de casa contra Fluminense, quinta-feira, no Rio de Janeiro e Avaí, no próximo domingo, em Florianópolis. Para a partida diante do time carioca, no estádio Giulite Coutinho, o técnico Mano Menezes sabe que enfrentará uma equipe bastante ofensiva, com jovens valores e que segue as características do treinador Abel Braga.

“Defendo a teoria que temos de ter cuidado contra todos no Brasileiro, em qualquer circunstância você precisa jogar bem para vencer. E as equipes do Abel são tradicionamente ofensivas. E o atual Fluminense, por contar com muitos garotos, se apresenta ainda mais solto. Jovens são destemidos e atuam de peito aberto. Temos de respeitar, até porque será um estádio em que o adversário manda seus jogos bem. Mas há sempre duas situações. Se eles vão atacar, também darão espaço. Mas você precisa saber aproveitar, não pode ser passivo”, disse o treinador celeste.

“Nosso aproveitamento fora de casa não é ruim, mas pode ser melhor. Até porque os mandantes estão tendo dificuldades de confirmar sua condição, temos de melhorar nosso aproveitamento fora”, completou.

Com o ataque em alta e a defesa equilibrada, Mano Menezes aposta que o meio-campo pode ser o diferencial no Rio de Janeiro. Para o treinador, a equipe atingiu uma identidade e a partida diante do Fluminense pode ser fundamental para confirmar a ascensão na competição nacional.

“O meio-campo é o coração de uma equipe, tudo passa por ali, seja para estar equilibrado defensivamente ou preparado ofensivamente. Mas não é só ali que as coisas acontecem e temos de estar atentos. O Cruzeiro está bem de um modo geral, estamos crescendo e queremos cotinuar assim. O jogo com o Fluminense é uma boa oportunidade”, declarou.

Mano Menezes ainda não definiu o substituto de Rafael Sóbis, que tomou cartão amarelo diante do Flamengo e desfalca a equipe na partida no Rio de Janeiro. Segundo o treinador, Sassá poderá ser o escolhido, mas a definição acontecerá somente horas antes da partida.

“O Sassá tem uma boa possibilidade de ser o escolhido, mas vamos ver um pouquinho a questão dos outros jogadores. Vamos ver como Alisson e Élber estão. E isso vai influenciar na escolha do homem que vai jogar mais adiantado, provavelmente Sassá”, finalizou.

Assessoria do Cruzeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas