Uma vitória suada.

Uma vitória suada. Foi assim que o técnico Enderson Moreira definiu o duelo do América com o ABC, vencido pelo Coelho por 1 a 0, na noite dessa terça-feira, no Frasqueirão, em Natal (RN). O gol salvador de Ruy, anotado aos 45 minutos do segundo tempo, coroou a dedicação dos jogadores durante toda a partida. Mais que isso, o resultado levou o time aos 27 pontos na Série B, mesmo número do líder Guarani e do Juventude, segundo colocado.

Enderson destacou a importância de um resultado positivo em um duelo complicado na capital potiguar. O treinador lembrou da sequência de seis derrotas seguidas do ABC antes de enfrentar o Coelho, o que colocava o adversário sob muita pressão dentro de casa.

“Foi uma vitória suada, sabíamos que o ABC tinha um propósito claro. Eu tenho um pensamento de que uma equipe que está em sequência de derrotas fica sempre muito próxima de conseguir uma vitória. Ninguém vence todas ou perde todas. Era um jogo muito importante para nós, mas, ao mesmo tempo, extremamente difícil”, analisa.

O comandante americano ficou surpreso com a postura do ABC, que iniciou a partida de forma defensiva.

“O ABC jogou em casa, mas quase que do meio do campo para trás, esperando um erro nosso para ter uma transição rápida. Estávamos preparados para o ABC vir para cima, mas começamos o jogo com muito espaço para sair a bola até o meio-campo. De alguma forma, nos criou dificuldades, porque se o ABC nos marcasse mais em cima, poderíamos ter mais espaços para as ações ofensivas. Eles tiveram algumas chances por conta da transição rápida e de alguns erros nossos”, destaca Enderson, que gostou da evolução da equipe após o intervalo.

“No primeiro tempo, confundimos ter tranquilidade com morosidade. Trocamos passes com muita lentidão, sem fazer com que o ABC se desorganizasse. Pecamos neste aspecto, mas no segundo tempo melhoramos”, completa.

A vitória deixou o Coelho empatado em pontos com Guarani, líder, e Juventude, vice-lider da Serie B. A equipe americana também ampliou para nove jogos a sequência sem derrotas.

“Era um jogo difícil e, ainda bem, conseguimos o resultado. É importante para o que temos como objetivos na temporada”, finaliza o treinador.

VOLTA DE NATAL

O América retorna a Belo Horizonte nesta quarta-feira, com chegada prevista à capital mineira por volta das 19h. Na quinta-feira, o grupo se reapresenta no CT Lanna Drumond, às 15h, para o único treino antes da partida contra o Figueirense. O duelo será sexta-feira, às 19h15, no Independência.

Assessoria do América

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas